Slipping Tongue

Esse é um post sobre uma história que já “terminou”…

Há muitos anos atrás, um amigo muito querido de Pelotas – RS me apresentou uma banda que eu jamais esqueceria (e que jamais saiu do meu repertório musical): Slipping Tongue.

A banda neozelandesa iniciou a carreira no início de 2002 na sala de música de sua escola, quando escreveram sua primeira música e também fizeram seu primeiro ensaio.

Foi assim que surgiu a banda de hard rock, que despontou um estilo unicamente original e intenso.

Sob influência de bandas como System of a Down, Snot, Pantera e Tool, o grupo era liderado pela vocalista Jennie Skulander, cantora de voz singularmente talentosa, potente e marcante, casada de forma perfeita com sua imagem sedutora e delicada.

O grupo musical chegou a lançar quatro EPs: Running For Words; Hypocrite; Grip the Fist e Rusted tears and time shed nails.

O último registro que vi sobre a banda foi de um neozelandês no Last.fm: “They split up in September 2008“… Lastimável!

Pois bem, para nossa alegria os clipes e músicas produzidos continuam disponíveis na internet.

Ah, atualmente, a ex-vocalista está loira… Mas continua linda! *.*

Jennie Skulander

Espero que tenham gostado e que aproveitem a banda (mesmo que ela tenha acabado q).

Beijinhos e até a próxima!

Anúncios

Sozinho no paraíso?

Quem acompanha (“acompanha”) as postagens aqui no blog sabe que eu tenho uma quedinha (um tombo completo) pela Finlândia, o que inclui algumas bandas clássicas, inclusive reconhecidas internacionalmente…

Entre elas está uma das mais especiais, que mais marcou minha vida, e com certeza a vida de muita gente até hoje: Sonata Arctica.

A banda existe desde 1995 e procura manter uma linha de metal melódico, sinfônico… Se consolidou no cenário artístico-musical mundial em 2000, ano que seguiu em turnê na Europa com a banda Stratovarius (também finlandesa).

Atualmente os integrantes da banda são o Tony Kakko (vocalista), Pasi Kauppinen (baixista), Tommy Portimo (bateirista), Henrik Klingenberg (tecladista) e Elias Viljanen (guitarrista).

Muito mais do que os belos arranjos, a banda sempre surpreende com canções que combinam perfeitamente com o estilo melódico. Quer conferir?

Quem ainda não conhece a banda pode aproveitar e já conferir o último clipe, lançado ontem…

Curtiu?!

FICA A DICA dos melhores álbuns:

– Ecliptica (1999) – Tem alguns covers mas, em suma, é incrível!

– Winterheart’s Guild (2003)

– Reckoning Night (2004)

Outra dica ao ouvir as músicas do Sonata Arctica…

Se você não entende inglês só ouvindo, procure ler a letra e entender cada música em sua singularidade (na verdade vale pra qualquer banda, mas só pra ressaltar mesmo…).

Se entregue à melodia, à letra, e à si mesmo. As músicas trazem muito mais do que há por trás do seu coração.

ps: Não vale superficialidade, hein?!

Por hoje é isso… Espero que todos que assistam também gostem da banda…

Até a próxima!